terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Coisas que não fazem sentido

Muita coisa não faz o menor sentido nesse mundo, mas uma que tem me feito pensar seriamente é em relação à casa da minha vizinha (é. Não tenho muitas coisas sérias para pensar durante meu tempo livre).
É assim: a casa tem um quintal na frente, espaço suficiente para guardar dois carros. Mas eles não tinham portão de garagem e resolveram comprar um carro.
Aí, para não deixar o carro na rua, desceram a marreta no muro. Não no muro inteiro. Só metade. Suficiente para passar o carro.
Então, de um lado tem um super buraco (onde, creio eu, futuramente haverá um portão de garagem) e do outro lado tem um resto do muro com um portãozinho comum.
Agora a parte que me faz pensar.
Dia desses, minha mãe comentou que viu a mulher chegando do mercado cheia de sacolas e ficou gritando no portão para alguém vir abrir o cadeado e ajudar com as sacolas. Sim! Além de eles não usarem o buraco do muro para entrar e sair, eles colocam cadeado no portãozinho.
Entre outras situações meio nada a ver que já presenciei em relação ao bendito portãozinho x buraco do muro, uma tarde, vi alguém que mora ali chegando de bicicleta. O que a pessoa fez? Parou no portãozinho, desceu da bicicleta, abriu o cadeado e entrou.
Juro que não entendo. Eu tento, mas não vejo lógica nisso.
Se eles tivessem cachorro, capaz que mantivessem o portão trancado para ele não fugir pra rua. Vai saber...


***
Sobre o Blogger Draft de novo, esqueci de dizer que lá existe o recurso "importar e exportar blogs". Serve para você fazer um backup de um outro blog seu e jogar as postagens (todas ou só as que você quiser) num segundo blog que você tenha, desde que seja registrado na mesma conta. Ou simplesmente para fazer o backup e manter guardado por segurança.
Ele salva posts e comentários (e, acho, configurações gerais também). Aí, quando você republica no outro endereço, ele aparece com os comentários de quando ele foi publicado no endereço original.
De todos os recursos, acho que esse de exportar e importar é o mais interessante.
E agora tem um novo: a função do Google Maps para posts. Pelo que entendi, serve para você dar a localização precisa de algo que você tenha indicado no post ou, conforme eu e o namorado comentamos, para dar a localização exata da sua casa e facilitar o trabalho de psicopatas e afins.

***
Trilha Sonora: Frogs - Alice in Chains. No acústico mais lindo do mundo dos acústicos.

12 comentários:

Dread disse...

Agora eu sei por que a senhorita foi na lan, rsrs;.

Vida, as pessoas são loucas por natureza, agora as dai, são piores! rsrs

Amo você.

"Agatha" disse...

KKKKKK..vc ta acabando com a emoção das pessoas de imaginarem um lindo portão de madeira, com anjos esculpidos...Tente perceber se ao chegar com o carro o motorista parece apertar um dispositivo q "abriria automaticamente" o "portão de garagem"? Ou se o individuo desce do carro e simula um "abrir o portão da garagem"?
Se algun desses ocorrer...nunca eu disse NUNCA faça amisade com esses vizinhos....kkkkkkkkkkkk

Sammyra Santana disse...

hahahahahahahahaha
Adorei seu blog e a história da casa da vizinha!
Sabe o que é isso? Pessoas que não estão abertas ao novo, que vivem condicionadas naquela vidinha rotineira de sempre, parecendo maquininhas programadas pra fazer aquilo e apenas aquilo...
Eu hein! Quero ser assim não, rsrsrs!
Beijinho, flor!

Mariah disse...

a gente (inevitavelmente) observa o entorno e acaba questionando o que outros seres humanos fazem e o motivo...

certo dia na varanda da minha mãe observei que o japonês da casa da frente pintava o portão da casa...ele usava uma pistola e um compressor...até aí, normal.
imagine agora a cena...ele estava do lado de fora do portão, o portão estava fechado...dentro da garangem todo "emcapado com papel pardo" estava o carro dele.

eu não conheço o japonês...não sei nem o nome...mas juro, isso nunca mais saiu da minha memória.

por que será que ele não tirou o bendito do carro da garagem?

beijos

F. Júnior disse...

nossos hábitos sao meio surreais, as vezes, só as vezes... rs
beijo grande.

Mikaellis disse...

Sempreme questionaram esse meu lado estranho, que todo mundo tem acho eu. "Por que você gira a garrafa ao invés da tampa?", "Por que você come M&Ms pela cor?", "Por que você anda em zigue-e-zague?"
Hoje, tento admirar o comportamento humano e essas bizarrices que o compõe. Como um hobby, sentar na mureta do Masp e ver as pessoas diferentes que passam pela Av. Paulista.

Luca disse...

hahahha

realmente, vc nao tem nda mais importante pra fazer??

talvez, a área q o buraco isola seja de areia mofediça, looogo, nao dê para passar...ah, sei lá! acabei de me imaginar num daqueles filmes, tipo 'paranóia', em q o vizinho fica estipulando o q o vizinho faz c as garotas q leva pra casa...

hen-hein! essa foi demais! isso pega, né?! haushushaus

bjos, mila!

Di disse...

Teus vizinhos são mais divertidos que os meus! hahaha...

Boas festas, muler!

beijo

Huguinho disse...

Meu vai entender...

As pessoas têm hábitos esquisitos e elas mesmas não percebem.
Eu devo ter algum hábito esquisito que as pessoas devem comentar e não percebo. rsrs

maray disse...

tem muita coisa esquisita desse tipo por aí. Agora, que estamos na época das chuvas e, consequentemente, das enchentes, já viu o que tem de gente que aparece na TV e nos jornais, com água até a cintura e de guarda-chuva? Não entendo bem porque...
beijos

Rosa disse...

Hum!! sobre os vizinhos, muito estranho isso; acho que são os condicionamentos da vida: falta de costume, força do hábito, sabe-se lá, são tantas as emoções, kkkkk, durma com um barulho desses. Parabéns pelo blog que é tudo de bom. Em tempo: meu marido diz que sou esquesita por guardar minhas lembranças em caixas de sapatos (dou maior valor a cheiro de caixa de sapato, nova! claro) ora pois, tem sentido sim, e tem até este blog aqui e quem sabe se não dá até um samba canção! Feliz 2009.
Mil beijos. Fui.

Júlia Raquel disse...

Nossa esses seus vizinhos são bem legais hein?hahaha...Gente interessante esse pessoal...Realmente,se há um buraco no muro,por que uma pessoa passaria de bicicleta por um simples portãozinho fechado à cadeado?kkkkkkkk
Vai entender... :)