domingo, 28 de setembro de 2008

Mas poderia se chamar Camila

Janaína acorda todo dia às quatro e meia [da tarde]
E já na hora de ir pra cama, Janaína pensa
Que o dia não passou
Que nada aconteceu

Janaína é passageira
Passa as horas do seu dia em trens lotados
Filas de supermercados, bancos e repartições
Que repartem sua vida


Mas ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Mas ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Se Deus quiser


Janaína é beleza de gestos, abraços,
Mãos, dedos, anéis e lábios
Dentes e sorriso solto
Que escapam do seu rosto

Janaína é só lembrança de amores guardados
Hoje é apenas mais uma pessoa
Que tem medo do futuro- que aconteceu ? -

Se alimenta do passado

Mas ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Mas ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Se Deus quiser

Já não imagina
Quantos anos tem
Já na iminência
De outro aniversário
Janaína acorda todo dia às quatro e meia
Já na hora de ir pra cama, Janaína pensa
Que o dia não passou
Que nada aconteceu

***
Trilha Sonora: Janaína - Biquíni Cavadão. Óbvio. A idéia do post veio enquanto eu ouvia pela terceira vez. O clipe tá com o áudio meio ruinzinho ou é só aqui?

4 comentários:

Azrael disse...

saudade de abrir a caixinha (L)

como a musica revela quem somos no mais profunto intimo né ^^
nos descrevem como poucos psicologos conseguiriam xD

jessicadeverdade disse...

Bem que poderia Jessica...

jessicadeverdade disse...

Bem que poderia Jessica...

Huguinho disse...

Muito boa esta música. Como já comentaram, revela o nosso íntimo de uma maneira muito simples.

"Apesar de tudo ela tem sonhos"