segunda-feira, 12 de maio de 2008

Dia das mães (atrasado)

"Minha mãe cozinhava exatamente: arroz, feijão roxinho, molho de batatinhas. Mas cantava."
(Adélia Prado. In: O Coração Disparado)

E no final é isso: toda mãe é única, cada uma na sua simplicidade, no seu detalhe bobo que faz delas especiais.
E a minha mãe é a melhor do mundo.

***
Trilha sonora: Hay Amores - Shakira. Da trilha do Amor nos Tempos do Cólera.

10 comentários:

Maria Fernanda disse...

A tua é a melhor do mundo? Que coincidência, a minha também é! ;)

nica disse...

eeeee. . . coisa boa esse negócio chamado mãe!
vou concordar com a fê... é uma super coincidência! a minha tb é a melhor!

nica disse...

ah! e pode deixar q eu peço ajuda caso tenha ficado alguma caixa pra trás nessa mudança louca.

Dread disse...

Mãe é Mãe, cada um com seu detalhe igual a mãe dos outros.

E eu vim aqui só pra dizer que eu te amo muito.


Amo mesmo. s2

Camilinha disse...

a minha também é...

beijos daqui...

Andreia disse...

Meu povo! A esperança é a última que morre! Foi necessário uma medida extrema pra "curar" meu bloguinho. A partir de agora ele é oficialmente camisola de Algodão, portanto não responde mais ao link de Enquanto Eu Dormia...

Desculpe toda essa chatice minha gente, foi necessário!
Mas, passado o temporal, estamos aí, firmes e fortinhos!!!! rsrsr


Beijãozão para TODOS!!!
( Desculpem enviar mensagem assim "de montão" acho super chato, mas é que o recadinho é muiiiiito extenso.....)
Beijão!!!!!!!!!!!

Andreia disse...

Porque que eu não te tenho entre meus links ainda????? Puts, mó blog bom!!!!!!


Linkei! rsrsr

Beijãozão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anna Flávia. disse...

é isso aí. toda mãe é única e só nisso elas são iguais. =)

beijos

Edu Guimarães disse...

Por isso a tal 'inveja do penis' é uma mentira. Na verdade somos nós que invejamos esse poder que vcs, mulheres, tem!

julio de castro disse...

sempre digo para minha mãe: "luiz não, mãe. julio cesar"