quarta-feira, 19 de março de 2008

Outra regressão

Aquele papo do outro post, sobre vidas passadas, me lembrou de um sonho que eu tive há uns 5 anos atrás.
Sonhei que eu estava fugindo de alguém, correndo pelo jardim de um palácio em Portugal, à noite.
Eu usava um vestidão lindo, típico do século XVI.
Não. Eu não entendo de moda nem atual, muito menos antiga. Como eu sei que era séc. XVI? Sei lá. Mas era século XVI, em Portugal.
Então, continuando...
Eu corria, corria, corria morrendo de medo. Não tenho idéia de quem estava me perseguindo e nem o que eu aprontei para estar fugindo e vocês nem imaginam como era difícil correr com um vestidão daqueles...
Aí, de repente eu avistava uma carruagem com um homem sentado lá dentro, um condutor e uma mulher (também de vestidão legal como o meu) que estava se ajeitando para entrar na carruagem também. Ela tinha umas maletinhas na mão, parecia que ia viajar (e ia).
Eu me aproximava dela e, neste momento, eu estava mais calma e dizia:
- Comment allez-vous? (detalhe que, na época, eu não fazia a menor idéia do que significava isso. Só fui aprender francês 1 ano mais tarde)
Ela respondia alguma coisa em português e eu perguntava se podia ir com ela. E ela dizia:
- Você até pode ir com a gente, mas estamos indo para o Brasil.
- Não tem problema! Me leva? Deixa eu ir?
- Tudo bem, mas só temos vaga para você ir como meretriz...
- Não tem problema! Eu vou assim mesmo!
E eu entrava na carruagem e ia junto com eles.
Aí acordei e fiquei pensando: "Será que em outra vida eu fui uma puta da côrte portuguesa? De quem eu estava fuugindo? E o que significa 'comment allez-vous'?"
De qualquer maneira, ser uma puta na época do Brasil colônia não devia ser tão glamouroso, mas é mais legal que ser florista holandês.

***
Trilha sonora: Are You Still Mad - Alanis. Adoro!

7 comentários:

Bel Gasparotto disse...

Olha, eu como professora de história devo dizer: realmente, não era nada glamouroso,mas devia ser emocionante ser puta no Brasil colônia. Duro era aquele povo degredado que veio pra cá, que só queria saber das índias...

Luca disse...

Caracólis!
Esse sonho pode ser a lembrança da vida retrasada!

ahauahauha

letícia * disse...

hum... interessante... já pensou em fazer um regressão com hipnose?

eu morro de vontade!

bjo*

Mike disse...

Q louco isso de vc lembrar tão detalhadamente um sonho de 5 anos atrás...

Achei engraçado que vc nem pensou duas vezes antes de aceitar ser puta no Brasil colônia... heheheeheheheh
Te digo, tudo bem, não devia ser muito agradável naquela época ser puta, mas florista holandês parece tão insosso que eu também não pensaria duas vezes.

Abraço

.Ná. disse...

Nossa, Mila. Será que você foi Puta, então?
Quando descobrir, me conta se foi bom? ahuahuahuahau

Paula disse...

bela mila,

Ainda bem que sempre tem o bom humor. Adorei seu blog. Volto, hein?

Inté mais!

Tay Highway disse...

hahaha e eu que sou louca depois! Mas fico feliz em saber que não sou a única a ter sonhos non-sense!