domingo, 2 de janeiro de 2011

Jogo da Verdade

Sabem aquela paradinha de Formspring.me? Então, eu fiz um, mas não foi legal porque muita gente caiu aqui no blog achando que eu era vidente por causa de um post antiiiigo, viram a caixa do Formspring ali e pensaram que era a forma de se consultar com a Madame Camila, que tudo sabe e tudo vê... Enfim, eu já contei isso tudo em outro post. Resumindo a utilidade do meu Formspring: zero!
Então, eu que não desisto nunca dessas bobeiras da isternete, conheci uma nova ontem (antes de ontem? Tô perdida nos dias já). É o Three Words.
Funciona assim: você vai lá, se cadastra e divulga seu link. Aí as pessoas entram lá e te descrevem em 3 palavras. Pode ser anônimo ou não. A escolha é do visitante.
Então, como sou uma desocupada e, sim, gosto de saber o que pensam a meu respeito (apesar de, na maioria das vezes, a opinião alheia não influenciar muita coisa na minha vida), vou deixar o link aqui pra vocês irem lá me elogiar muito brincar de jogo da verdade.
Ta aí:

http://threewords.me/Mila

E agora, me digam: há post mais inútil/egocêntrico em pleno dia 1/1/11? (ainda não dormi, então é dia 1º pra mim)

***
Trilha Sonora: Thank U - Alanis

6 comentários:

disse...

Admiro quem consegue manter vários perfis. Meu orkut, o twitter e o blog só vivem abandonados, coitados. Ah, um ótimo ano pra ti.

Daíse disse...

Oiiiiiiiiiiiii!
Adorei o seu blog! Parabéns!!!
Se quiser conhecer o meu, é : www.espiculaderodinha.blogspot.com
Bjos!!!

Jô Moraes disse...

Também adoro saber o que pensam de mim. Gosto de dar risada e fazer aquela pose com o indicador no queixo. Ultimamente tenho tido preguiça de logar no orkut e derivados... será as férias? será a falta de tempo? Ai ai ...

Atitude: substantivo feminino. disse...

Meu formspring deletei com duas semanas de uso. Fala sério parada imbecil..só pergunta idiota, retardada..ou pergunta ofensiva..
Gostei não..rssrrs

Eu Hein Natasha disse...

Nunca tive isso e nem quero mas queria fazer esse pseudo quizz q eu vi no dipirona. será q devo?

Jô Moraes disse...

Alguém já te disse que quando alguém nasce e é criado num orfanato no RG fica: Pais desconhecidos. E em qualquer documento que precise o nome da mãe ou do pai se coloca isso. O que vale (mesmo, mesmo) é o número do documento.

Lembra da sua dúvida? Tá tirada. Isso é, se não já tiraram. rsrs

Bjo!