quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain


Vai passar na Band, amanhã, dia 29/11, quinta-feira, às 22h30.
Não sei bem como descrever o enredo desse filme, mas vamos lá:
Depois de encontrar uma caixinha com tesouros de infância escondida há 40 anos atrás em seu apartamento, Amélie resolve procurar o antigo morador para devolver-lhe a caixinha. Ao fazer isso, Amélie acaba mudando sua vida e a dele.
É mais ou menos isso, mas para entender do que se trata, tem que assistir.
O filme é lindo e, para quem é sensível, pode dar um novo sentido à palavra 'prazer'.

Ficha Técnica:
  • França, 2001, colorido, dublado, 121 minutos, comédia, 16 anos.
  • Direção: Jean-Pierre Jeunet
  • Elenco: Autrey Tautou, Serge Merlin, Yolanda Moreau, Isabelle Nanty, Mathieu Kassovitz, Rufus e Dominique Pinon

  • ***
    Trilha sonora: não há. tô fraca de músicas ultimamente.

    8 comentários:

    Quel disse...

    Amo filme, alias amo filmes franceses, com certeza vou assistir...

    Valeu pela dica!

    P.S: Você que me inspirou a fazê-lo!

    Lívia Russo disse...

    eu simplesm,ente AAAAMOOOOO esse filme!!!
    *-*
    perfeitoo
    e brigada pelos elogios guria!!
    eu realmente amei aqui...posso te linkar??
    :*
    :*
    :*

    Laís disse...

    Se tá sem música, baixe a trilha sonora do filme. Linda, suave e super fácil de achar.
    =))

    (já anotei na agenda)

    Garota Enxaqueca disse...

    Amelie é simplesmente Amelie... E não há o que se explicar!!!

    =)

    Besos...

    F. S. Júnior disse...

    adoro os filmes do Jeunet... Amélie é o de maior projeção, mas existem outros que valhem a pena... como Delicatessen e Ladrão de Sonhos...

    Heliarly disse...

    Tem um presente pra você no meu Blog!
    O selo é a cara do seu Blog!

    Heliarly disse...

    Sobre a VIVO: Ela não presta mesmo! Eu sei disso trabalhei lá mais de 1 ano!


    Só disse aquilo por ironia mesmo, porque o aparelho que eu "comprei" por 10 reais custa 800 de cartão!


    Só que o sistema da Vivo é muito falho e de vez enquanto agente acerta uma boas "promoções" rsrs

    Mike disse...

    Eita, filme bom!
    É de uma sensibilidade ímpar e conquista a cada minuto... são tantas partes fantásticas que fica difícil enumerar... gosto muito das fotografias abandonadas e da história do anão que viaja o mundo e registra tudo em fotos mil.
    Dez, muito bom!